Por mais que alguns acontecimentos nos deem uma impressão contrária, o mundo avança. Tudo o que existe está em contínua evolução. E, à medida que a humanidade evolui, as Empresas (uma vez que são conduzidas por seres humanos) progridem e renovam seus valores e o perfil de seus colaboradores. O conceito de “progresso social” existe desde as primeiras teorias do século XIX e já pontuava as filosofias da história do iluminismo que defendia a idéia de que “os seres humanos estão em condição de tornar este mundo, um mundo melhor”.

Nesta proposta de evolução se insere o ambiente corporativo, onde passamos uma parcela expressiva de nossas vidas. Há mais abertura e proximidade nos diferentes graus de hierarquia. Os processos estão menos burocráticos, as relações, mais sinceras e pouco formais, porque a figura do chefe está fora de uso, e dá cada vez mais lugar ao líder, bem melhor sucedido no desafio de influenciar pessoas a trabalharem motivadas.

Quando uma Empresa ou Departamento consegue formar a sua equipe nivelada pelos quesitos “comprometimento e maturidade profissional”, a confiança, a transparência e o respeito mútuo, são a base de suas relações. O uso da pressão, e a cobrança por relatórios exaustivos que têm por finalidade a comprovação do “dever profissional”, tornam-se desnecessários. Cada indivíduo tem consciência do seu papel e tem liberdade para exercê-lo com maior autonomia, partindo da premissa de que os resultados buscados têm objetivos comuns. Se o diálogo é constante e tudo é compartilhado de forma efetiva e honesta, as pessoas não precisam provar a sua confiabilidade a toda hora. Confiança é essencial. Sem esse elemento básico, as possibilidades são estéreis. É o mesmo princípio das relações de amor e amizade. La même chose!

Não há como ir contra a lei do Progresso. Quem busca ser uma pessoa melhor, terá uma vida melhor, que inclui um trabalho mais prazeroso e estimulante, onde a sinergia corporativa seja compartilhada por todos. Até parece utopia. Mas, o mundo caminha nesta direção. Alguns a passos lentos, outros ficarão inertes, certamente. Cada grupo afim no seu “quadrado”, como diz a música. Joio com joio, trigo com trigo.

Foto divulgação.


This entry was posted on sábado, fevereiro 05, 2011 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

23 comentários:

    Segundo Clichê disse...

    Cris, não é fácil ser líder em um cenário sempre em constante mudança. São necessárias novas competências e um perfil diferenciado, tanto para líderes, quanto para liderados. Penso que chefes existem muitos, líderes poucos. Para ser líder tem que ter, muita capacidade de inspirar pessoas e de servir, fazer o outro comprar suas ideias e acima de tudo senso de humildade. Sempre vivemos em uma cultura onde prevalece o "manda quem pode, obedece quem te juízo" e acredito que vai demorar um pouco para ser diferente.
    Oportuno e atual seu artigo. Abraço carinhoso.

  1. ... on 5 de fevereiro de 2011 16:25  
  2. clarisse disse...

    oi cris, meu pensamento sobre esta questão de lideranças e desenvolvimento corporativo é como a sua, otimista. pra mim fica muito claro que pouca coisa pode melhorar enquanto o grande trigo alfa lider continuar se cercando de joio, para que possa brilhar em paz... mas creio que o caminho das empresas é inevitavelmente o de perderem o medo. há de ser! um beijo! (clarisse, publicitaria, fortaleza)

  3. ... on 5 de fevereiro de 2011 19:56  
  4. Paula Izabela disse...

    Amiga, você é uma lady!
    Estou muito mais para pantera... Meu sangue ferve com injustiças - talvez porque meu espírito esteja saturado delas.
    Eu jamais conseguiria abordar um tema tão "quente" com tanta elegância textual!
    Já bloguei sobre e ainda pretendo retomar o assunto. Motivos não me faltam...
    Obrigada pelo texto que vem dialogar com o que tenho vivido diariamente!
    Vou encaminhar o link para meus colegas de trabalho e vou indicá-lo em meu blog também.
    O mundo corporativo tem jeito sim, a política tem jeito sim, o mundo tem jeito sim!
    CREIAMOS!!!
    Beijossssssssitcomicos!!!
    BELA

  5. ... on 5 de fevereiro de 2011 20:16  
  6. Maísa Vasconcelos disse...

    Avidez por mudanças nem sempre são acompanhadas de comprometimento e espírito de verdadeira liderança. Sou otimista, quem não há de ser?, mas haja passos de tartaruga aqui e acolá.
    Vamos que vamos :)
    Feliz pelo blog, Cris!
    Beijo
    Maísa Vasconcelos - jornalista, em Fortaleza-CE

  7. ... on 6 de fevereiro de 2011 03:51  
  8. Valcir Machado disse...

    Excelente o comentário da Clarisse. Entendo o receio de muitos 'chefes' em se cercarem de pessoas mais competentes que ele, e por conta de alguma estrela mais brilhante a dele se apagar. Ledo engano.
    Líder é aquele que se cerca dos melhores; melhores até que ele mesmo, para que o trabalho flua com naturalidade e competência.
    O líder que investe em pessoas preparadas é aquele que chegará ao cume mais rapidamente, deixando pra trás uma estrutura altamente bem alicerçada.
    Tema pertinente. Percebo, apenas, que há uma forte tendência ao home office, transformando hierarquias em uma espécie de 'sociedade', aonde todos passam a ser responsáveis pelo bom desempenho da totalidade.

    Grande abraço!

  9. ... on 6 de fevereiro de 2011 03:58  
  10. Comunicação Integrada disse...

    Boa reflexão a respeito do mundo corporativo. Acredito também que o desenvolvimento já está acontecendo.É realmente uma revolução o que a informática e a robótica proporciona para o mundo corporativo atual. Desenvolvimentos que diminuem os recurso burocráticos e pedem para os seus gestores algo maior que o poder em si mesmo, solicitam, o bom exercício da liderança. "Para onde irei se o caminho de antes tornou-se longo demais? Criaremos uma linha de fuga."

    Romenik Queiroz, Comunicador Social - autor do livro de oratória: Comunicação Integrada na fala.

  11. ... on 6 de fevereiro de 2011 06:27  
  12. Jacqueline disse...

    Eu adorei o seu último parágrafo, apesar de ser uma pessimista nata. Fico pensando que é realmente uma utopia, mas mesmo que não seja. Só que também acho que joio com trigo pode dar muito certo. Já deu, e pode continuar dando.
    Beijos.

  13. ... on 6 de fevereiro de 2011 06:38  
  14. neigrando disse...

    Cris, como você disse outro dia, nossos pensamentos estão alinhados. Gostei muito do seu post. Que seja feito de seu artigo minhas palavras, pois concordo que estamos vivendo um período incrível de mudanças de quebra de velhos paradigmas, da troca do chefe mandão pelo líder companheiro que está sempre a serviço da equipe onde procura dar e obter o melhor de cada um conforme seus talentos e competências, onde busca o resultado financeiro é claro, mas não prejudicando o clima e as relações do trabalho. A tecnologia trouxe ótimas ferramentas, mas só serão bem aproveitadas por aqueles que as souberem usar com planejamento, com critérios, com discernimento, equilíbrio e moderação. A sociedade está mudando, as gerações X, Y, Z, ... estão convivendo juntas nesta rede global graças às novas formas de gestão, colaboração e cooperação possíveis hoje nas empresas e nas redes sociais onde COMPARTILHAR informações é a palavra chave. Parabéns amiga!

    Vou divulgar seu artigo nas minhas redes do Twitter, Facebook e LinkedIn.

    Att.

    Nei Grando (@neigrando)

  15. ... on 6 de fevereiro de 2011 10:17  
  16. Camilla disse...

    Apesar da pouca experiência, já entrei no mercado num ambiente mais ou menos assim, por isso acho que é uma realidade, sim.

    Não vejo por que não deva ser assim. Quando existe confiança na sua equipe, e entre a sua equipe, o trabalho flui naturalmente, e de forma digna.

    Bom texto, cris!
    Beijo grande!

  17. ... on 6 de fevereiro de 2011 11:03  
  18. Wládia Cardoso disse...

    Crisinha, sou super fã do seu blog...
    Realmente acho que as relações corporativas estão mudando muito, como vc falou, há uma proximidade entre os graus de hierarquia, mas acho que ainda é um desafio muito grande unir o “comprometimento e maturidade profissional”. Não é nada fácil encontrar este profissional maduro e quando uma empresa encontra ele é tratado como ouro por saber da dificuldade que se tem em achar.

    Bjosssss

    Wládia Cardoso - Consultora de Marketing e Planejamento Estratégico - Fortaleza

  19. ... on 6 de fevereiro de 2011 13:46  
  20. Anônimo disse...

    Cris,

    Excelente abordagem, conversamos sobre esse tema alguns dias atrás, quero muito acreditar nesse futuro, o tema é complexo, precisamos de outras relexões, mais sem dúvida é um caminho. Parabéns.

    Paulo Temóteo
    Fortaleza/Ce.

  21. ... on 6 de fevereiro de 2011 15:10  
  22. Danielle capelo disse...

    Cris,
    adorei a sua análise sobre as relações corporativas, mas ainda tenho minhas convicções, e acho que muita coisa precisa mudar. Como disse a Clarisse, "pouca coisa pode melhorar enquanto o grande trigo alfa lider continuar se cercando de joio, para que possa brilhar em paz". Mas acredito que o caminho é esse, uma maior proximidade entre líderes e liderados, compartilhando ideais e ideias. Parabéns

  23. ... on 8 de fevereiro de 2011 13:36  
  24. Albanir Américo disse...

    Sou fatalista por natureza e mesmo tendo achado o texto bacanão, questiono sobre essa realidade. Muitas empresas, departamentos e pessoas pensam ser modernas, antenadas e "adequadas aos novos tempos" mas passam longe disso pelo menos no nosso mercado, fora pode até ser mas por aqui... huuummm...sei não. Claro que tudo depende da forma como você se relaciona com as coisas, mas Cris, tem cada coisa absurda por ai. Evoluímos sim, sempre mas empresa que confia, respeita e de certa forma admira o seu profissional é difícil encontrar.

  25. ... on 9 de fevereiro de 2011 07:41  
  26. Regina Saraiva disse...

    Ainda a convivência nesse novo modelo de mundo corporativista. E é nesse cenário que o mercado se torna mais seleto. E só aqueles que buscam mudanças com uniformidade, lograrão êxito.
    Se o mundo está mudando então temos que acompanhar essas mudanças com inteligência, aproveitando as novas ferramentas que irão surgindo em benefício do nosso crescimento e de nossos clientes. O mais importante disso tudo é que nesse novo momento corporativo as classes de lideranças de diversos níveis se unem em um único objetivo. Um grau elevado de compromisso de todos os colaboradores. Um grande crescimento de toda cadeia, com diálogo, confiança, amizade e caminhando sinergicamente em prol do progresso. É assim que entendo. Regina saraiva- Publicitária.

  27. ... on 17 de fevereiro de 2011 20:14  
  28. Regina Saraiva disse...

    Entendo que muitos profissionais continuam trabalhando desfocados. E que não entenderam ainda a convivência nesse novo modelo de mundo corporativista. E é nesse cenário que o mercado se torna mais seleto. E só aqueles que buscam mudanças com uniformidade, lograrão êxito.
    Se o mundo está mudando então temos que acompanhar essas mudanças com inteligência, aproveitando as novas ferramentas que irão surgindo em benefício do nosso crescimento e de nossos clientes.O mais importante disso tudo é que nesse novo momento corporativo as classes de lideranças de diversos níveis se unem em um único objetivo. Um grau elevado de compromisso de todos os colaboradores. Um grande crescimento de toda cadeia, com diálogo, confiança, amizade e caminhando sinergicamente em prol do progresso.É assim que entendo
    Regina Saraiva- Publicitária

  29. ... on 17 de fevereiro de 2011 20:18  
  30. Anônimo disse...

    Cris; interessante o seu comentário sobre a forma de estrutura das organizações, observo sim que você segue a escola sistemica de administração,a empresa como um ser vivo composta por órgãos, os órgãos compostos por células, as células por núcleos,todos trabalhando em perfeita harmonia tal qual um ser vivo, ressalva se faz que os órgãos,células e núcleos, estes enviam sim informações (relatórios para os outros órgãos) pois de certa forma o sistema precisa de controle, caso contrário seres nocivos podem danificar partes dos organismos das células, podendo ocasionar algum tipo de câncer, pois com o controle os agentes terão facilidades para descobrirem invasores e eliminar qualquer ameaça ao sistema esta escola está hoje nas cabeças dos grandes managers das organizações. sou grande entusiasta desta escola, dessa forma o seu texto captou exatamente na minha opinião, o sentimento que tem as grandes organizações, para se adaptar ao mundo com constantes transformações a ritmo de foguete; como cita muito bem o grande cantor Lulu Santos; " Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia, tudo passa tudo sempre passará; tudo que se ver não é igual ao que a gente viu a um segundo,tudo muda o tempo todo, no mundo, como uma onda no mar, como uma onda no mar".
    Abraços
    César Pinheiro.

  31. ... on 7 de junho de 2011 22:18  
  32. NELSON GONÇALVES disse...

    Querida amiga,
    Pena que no mundo corporativo [salvo as honrosas excessões] esse comprometimento não seja uma constante. A gente vê de fora, lê nas recepções aquelas placas bonitas com "missão e visão" que na real não passa do esforço de algum consultor preocupado em orientar a empresa aas mudanças.

    Olhemos para as nossas próprias empresas!
    Utopia? Jamais!
    Mesmo que sejamos Dikens na praia.
    Quanto a você, parabéns. Seu texto é lindo, bem elaborado e cheio da "graça" de quem tem mais pra oferecer que oito horas diárias de esforço laboral.
    Muito Sucesso!
    Nelson Gonçalves

  33. ... on 18 de julho de 2011 14:36  
  34. Anônimo disse...

    eхcellеnt publish, veгy infοrmatіve.
    I wonԁer why the other sρecialists of this seсtoг
    do not understаnd thіѕ. You should continue уour ωrіting.
    І am sure, you havе a huge reаԁers' base already!

    my homepage payday loans

  35. ... on 19 de abril de 2013 20:24  
  36. Anônimo disse...

    Grеetings! Very helpful advice withіn this post!
    It's the little changes that produce the most significant changes. Many thanks for sharing!

    Also visit my homepage: Payday Loans

  37. ... on 6 de maio de 2013 23:33  
  38. Anônimo disse...

    Τhis іs really intеrestіng, Yοu arе a ѵеry ѕkillеԁ
    blogger. I've joined your feed and look forward to seeking more of your great post. Also, I've shагeԁ уouг websіte in mу ѕocіаl nеtωогks!



    Viѕit my wеb pagе Same Day Payday Loans

  39. ... on 12 de maio de 2013 23:03  
  40. Anônimo disse...

    Wοah! І'm really digging the template/theme of this blog. It's simplе, yet effectiνe.
    A lot οf tіmes іt's hard to get that "perfect balance" between superb usability and visual appearance. I must say you'νe done a exсellent
    job with this. Additionally, the blog loads very fast for me on
    Firefox. Εxceptional Blog!

    Μy website: same day payday loans

  41. ... on 19 de maio de 2013 18:42  
  42. Anônimo disse...

    Valuable infοrmation. Fortunate me I founԁ your web sіte by аcсident, and
    I'm stunned why this twist of fate didn't happened еаrlier!

    I bοοkmarkеd іt.

    Μy blog рost ... payday loans no credit check

  43. ... on 20 de maio de 2013 04:01  
  44. Anônimo disse...

    I am regulаr reaԁer, hοw аrе
    уou еveгyboԁy? Τhis paragгaph
    postеd at this web site іѕ genuinely pleaѕant.


    my web site New Bingo Sites

  45. ... on 20 de maio de 2013 04:16